Bye Bye Maio…

O mês de maio está no seu finzinho, mas antes que ele se vá, ainda dá tempo de falar um pouquinho sobre ele. Maio é por si só um mês especial. É o mês das Mães, o mês das noivas, o mês de Maria, o mês em que se comemora o Dia do Trabalho, o Dia da Abolição da Escravatura e mais de uma dezena de outros dias comemorativos.

Mas, como disse antes, maio pra mim tem significados especiais, a começar pelo dia 3: Vim ao mundo num  3 de maio. No dia 10 comemora-se o Dia Mundial do Lúpus, doença autoimune que acomete e debilita milhares de pessoas, sobretudo mulheres pelo mundo afora, grupo no qual me incluo. Neste ano o dia das Mães, segundo domingo de maio, foi,  coincidentemente,comemorado no dia 10, dia do Lúpus, o que pra mim teve um significado a mais, pois há 26 anos, quando recebi o diagnóstico desta doença, a expectativa de vida de um paciente era de apenas cinco anos. Na época eu estava de casamento marcado e aquela notícia abalou toda a estrutura da minha vida. Pensei em desistir do casamento, da vida. Meus projetos estavam sendo abortados, especialmente o de ser mãe. Mas, como a vida segue seu  curso alheia às preocupações ou cuidados que nela depositamos, comigo não foi diferente. Contrariando aos prognósticos, os anos se seguiram e minha saúde se estabilizou, graças à Proteção Divina e aos cuidados da minha médica-guru, Dra. Bernadete Gavi. Casei, tive duas filhas lindas e continuo “tocando em frente”, vivendo um dia de cada vez.

Voltando “ao maio”,  dia 11 sopramos velinhas para meu companheiro de jornada Bartolo, com quem me casei justo em um dia 20 de maio, dia também em que se comemora o Dia do Pedagogo, profissão que escolhi e que exerço com orgulho, acreditando que somente através da educação o mundo poderá se tornar mais justo e mais humano. Além desses, há em maio outros tantos aniversários de amigos pra lá de queridos, para quem ofereço, simbolicamente, buquês perfumados de flores de maio.

Então, demos um tchau para este mês que parece ter lá sua vocação de humanizar, promover a vida, aproximar pessoas, e recebamos junho, que é um mês também ultra-simpático, trazendo sempre consigo um clima ameno que remete a aconchego e conforto. E pra combinar com ele, um brinde com um bom vinho tinto. Tim-tim!

Um beijo,

Dôra

flor de maio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s