Dicas brilhantes

Como nos diz o músico e compositor brasileiro Jorge Ben Jor, “moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza! Mas que beleza, em fevereiro tem carnaval…” e como toda boa amante do brilho, esta é a época em que eu me sinto no direito (e, porque não, no dever!) de jogar glitter EM TUDO. Esta invenção de 1934 do americano Henry Ruschmann é essencial para estas épocas de folia, quando você deseja toques de diva no look diário ou simplesmente quando a drag queen dentro de você tiver vontade de aparecer.
Convenhamos que este pózinho preparado a partir de um polímero plástico colado num material reflexivo (como o alumínio, por exemplo) e triturado até chegar em partículas de tamanho idêntico pode ser o causador do caos dentro da sua casa e é por isso que alguns truques são de fundamental importância na hora de limpar estas partículas brilhantes.
O esmalte de glitter é a aposta mais discreta para quem não tem muita intimidade com o lado purpurinado da força, porém, retirá-lo costuma ser o pesadelo das manicures. Para você não correr o risco de quebrar as unhas com as manicures mais afoitas, tente umedecer um pedaço de algodão com acetona ou removedor de esmaltes, colocando-o sobre a unha por alguns minutos, podendo fixá-lo com um elástico ou encapar com papel alumínio, caso deseje. Com esta preparação, a acetona vai praticamente derreter todo esmalte que está colando o glitter na unha, o que torna a remoção muito fácil. Depois é só hidratar as cutículas com um óleo ou hidratante específico para evitar o ressecamento causado pela acetona ou removedor de esmaltes.

glitter nails
Já para quem ama maquiagem e quer ousar com brilhos na pálpebra, mas sempre sofre com a aplicação, tente retirar os brilhos excedentes com fita adesiva, micropore ou fita crepe. Mas, lembre-se: não use glitter de papelaria nos olhos, pois podem ocorrer acidentes causando inflamações e arranhaduras na córnea. No mercado existem diversas opções seguras para uso na pálpebra, de diversas cores, tamanhos e preços, bem como fixadores específicos para isso.
make glitter
E depois da folia, como se livrar do glitter no corpo? Simples! Na hora do banho, use um pouco de condicionador e deixe a água fluir, sem esfregar para não irritar a pele. O uso de demaquilantes em creme também facilitam o processo. Já os demaquilantes mais oleosos só funcionam se você usou algum produto para grudar o glitter na pele, como cola pra cílios, por exemplo. De outra forma, eles podem ter o efeito contrário: ajudar o glitter a fixar ainda mais! Se mesmo depois do banho ainda sobrar muito, você pode usar o truque da fita adesiva ou mesmo passar aqueles rolos adesivos para pelos em roupas.

 

glitter body
Uma das tendências de beleza recentes são as glitter roots, que consiste em aplicar glitter na raiz do cabelo. E se existe uma técnica para por, normalmente existe uma para tirar. E é a seguinte: você separa a parte que você grudou o glitter com gel de cabelo ou gel de Aloe vera e aplique sem dó bastante condicionador. Passe com um pente fino e depois enxágue. Depois, basta lavar o seu cabelo como você faz normalmente. Outra opção válida é aplicar um shampoo detox. E se depois do banho ainda restarem alguns resquícios de glitter, com o cabelo seco, você ainda pode passar spray de cabelo em um papel toalha e ir grudando na área até retirar as partículas, num processo semelhante ao da fita adesiva.
glitter roots
E, se ao final de tudo isso, o glitter ainda permanecer, que tal ter um pouco de paciência e assumir o lado brilhante da vida?
Um beijo,
Gizele

tenor

 

Anúncios

Chapéu Floppy

Em alto-verão, com o sol e a sensação térmica batendo os quase 40 graus, nada melhor do que procurar alternativas para nos proteger dos efeitos agressivos do sol e tornar nossos passeios mais agradáveis. Com isso, vemos cada vez mais a utilização do chapéu: um acessório atemporal e extremamente fashion.

Um dos meus preferidos é o Floppy. Com suas abas grandes e bem arredondadas, o chapéu Floppy é super romântico e despojado ao mesmo tempo.
Surgido na década de 70, passou a ser o queridinho entre as mulheres com estilo boho, mas isso não impede que seja incluído como acessório em outros estilos, principalmente os mais sofisticados.

Podendo ser utilizado em todas as estações do ano, o chapéu Floppy ganha espaço no guarda-roupa da mulher brasileira por sua versatilidade.

E você, que tal ousar e investir num chapéu? Há diversos modelos, cores e texturas. Com certeza você encontrará um que irá te agradar.

floppy

 

Um beijo,
Gizele

Bohemian hat
99 BRL – blk-bluonline.com

BCBGeneration navy blue hat
195 BRL – bcbgeneration.com

Kimchi Blue wide hat
140 BRL – urbanoutfitters.com

Christys floppy brim hat
155 BRL – urbanoutfitters.com

Eric Javits floppy brim hat
910 BRL – bloomingdales.com

Vero Moda wide brim straw hat
97 BRL – asos.com